Diferentes estratégias de marketing digital surgem continuamente e trazem uma série de novas possibilidades para as empresas aumentarem a presença virtual de seu produto ou serviço. Uma destas funcionalidades, ainda recente, é o remarketing.

Sabe quando você resolve comprar um celular, passa algum tempo pesquisando modelos em sites de vendas e depois começa a ver banners de celulares em diversas páginas que acessa na internet? Isso acontece por conta do remarketing, uma ferramenta utilizada para tentar fazer com que o consumidor realize uma conversão mesmo depois de ter saído de determinado site.

Esta estratégia consiste, portanto, em identificar os usuários que já visitaram a sua página e passar a exibir seus anúncios com mais frequência quando eles visitam sites que aceitam anúncios na rede de display do Google. Deste modo, utilizar o remarketing significa fazer marketing mais de uma vez para a mesma pessoa.

A ferramenta faz parte do Google Adwords, sistema de anúncios do Google.

Conversões

A finalidade do remarketing, como explicado, é aumentar as conversões em um site. A premissa desta ferramenta é a de que as pessoas não costumam concluir uma compra na primeira vez em que visitam uma loja virtual. Inclusive, dados do Google Adwords indicam que 97% dos visitantes de um site não convertem na primeira visita.

Desta forma, o remarketing permite que o consumidor visualize mais vezes o produto ou serviço durante um período pré-determinado, o que poderá fazer com que volte a considerar a compra. Trata-se de uma estratégia de convencimento.

Contudo, para que esta funcionalidade gere bons resultados, sua utilização demanda planejamento. Como outras campanhas no Google Adwords, se não for bem desenvolvido, o remarketing terá queda em sua taxa de cliques, assim como suas exibições e custos de anúncio sofrerão prejuízos.

Planejamento
A utilização da ferramenta deve ser planejada para atingir consumidores que se encontrem em diferentes estágios do processo de compra. Isso acontece porque há pessoas que estão: conhecendo pela primeira vez sua loja virtual; considerando comprar em sua loja; efetivamente comprando em sua loja; ou voltando a visitar a página de sua loja depois de já terem comprado.

Por isso, o remarketing possui um sistema de listas, que divide os consumidores de acordo com as ações que eles realizam em seu site. Desta forma, quem apenas visualizou um produto receberá um remarketing diferente de quem inseriu um item no carrinho e não concluiu a compra ou de quem realmente comprou. Você mesmo pode criar listas para segmentar estes públicos.

Quando você concluir os anúncios que serão utilizados na estratégia de remarketing, o Google passará a apresentá-los para consumidores que demonstraram interesse em seus produtos ou serviços. Como tais anúncios aparecerão na rede de display do buscador, eles devem ser atrativos visivelmente. Por isso, esta é a hora de utilizar imagens e efeitos visuais adequados a seus propósitos, para a criação de banners, que podem ter diferentes formatos e tamanhos.
Vantagens
A principal vantagem apresentada pelo remarketing é que esta funcionalidade direciona os anúncios apenas para quem entrou em seu site e, portanto, manifestou algum tipo de interesse naquilo que você oferece. Este consumidor possui um potencial de compra que não deve ser ignorado, e está em suas mãos convencê-lo a realizar uma conversão em sua página.

Para potencializar ainda mais a ação desta funcionalidade e aumentar as suas conversões, vale também investir na criação de anúncios oferecendo vantagens aos clientes que, por exemplo, visitaram a sua loja virtual, mas não concluíram uma compra. Você pode, a partir do remarketing, oferecer frete grátis ou descontos para este consumidor e atraí-lo de volta para seu site. As possibilidades são diversas.

Interessou-se por esta ferramenta e as vantagens que ela apresenta? A eComm Web Services pode ajudar com as suas campanhas de remarketing e impulsionar as suas conversões. Conheça nossos serviços!